Menu

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Cantinho da Dani: Resenha - Meu Nome é Will


  • Título: Meu Nome é Will: Sexo, Drogas e Shakespeare
    Autor: Jess Winfield
    Editora: Prumo
    Número de páginas: 352
    Ano: 2009
    Onde Comprar:
    Submarino/ Saraiva
    Classificação: (3/5)

    Sinopse: William Shakespeare Greenberg, Will, é um estudante que está escrevendo sua tese de pós-graduação e está desesperado para conseguir dinheiro. O segundo Shakespeare é o personagem histórico, o jovem professor de latim e dramaturgo William Shakespeare. Apesar de separados no tempo e no espaço, as vidas de Will e de William se entrelaçam com irreverência, humor e bom gosto literário, fundindo-se de maneiras inesperadas. 
    Uma ficção fascinante que diverte e enriquece ao abordar a vida e obra do grande poeta e dramaturgo inglês. 

  Esse livro conta as histórias de dois jovens William Shakespeare. Um é famoso por suas grandes obras literárias que retratam o caráter humano e a história se passa em 1582 na Inglaterra. Outro é um estudante vivendo no ano de 1986 na Califórnia, Estados Unidos.

  Meu Nome é Will trata de uma ficção, a história apresentados sobre a vida do nosso grande escritor não se apega à realidade, embora, como o próprio autor admite, ele tenha se baseado em fatos, lendas e suposições sobre a vida de Shakespeare.

  Já o Shakespeare moderno é um jovem tentando fazer a sua tese de mestrado em plena década de 80 sobre a vida do seu xará. Nada responsável, não se esforça e tem dificuldades em concluir a sua tese, sexo é banal e drogas é questão de sobrevivência, como o almoço de cada dia.

  O livro conta alternadamente a vida dos dois Shakespeares, cada capítulo a história é de um. Foi uma técnica muito legal utilizada pelo autor. É interessante como até o estilo muda, dá para notar bem a diferença de épocas. 

  E eu fiquei me achando super boba porque assim, eu estava lendo o Will moderno, o capítulo acabava e eu sabia que ia mudar a história mas eu queria que continuasse para saber o que vai acontecer, mas era forçada a viajar no tempo. Mas aí quando o capítulo do William famoso acabava, eu já não queria ir para o Will moderno. Eu fiz isso o livro inteiro, até porque não tive uma história preferida, as duas foram bem legais. Tudo que acontecia com um William acontecia também com outro, mas de forma diferença devido, claro, à diferença de tempo e espaço, e foi bem engraçado. Teve um capítulo que misturou as duas histórias e fiquei super confusa, tive que ler com muita atenção para conseguir entender, e ainda agora tenho dúvidas hahah. Mas mesmo assim adorei a técnica, bem irreverente.

  Embora o livro não tenha compromisso com a realidade, foi interessante ler, mesmo que se em segundo plano, sobre a perseguição dos católicos na Inglaterra, quando a rainha Elizabeth instituiu a “Nova Fé”, a religião protestante, e declarou que é traidor todo aquele que professasse a “Antiga Fé”, o catolicismo. Não lembro de ter lido nenhum livro que falasse sobre esse momento da História. Mas é, enfim, um livro para descontrair, cheio de humor e ironia.

    8 comentários:

    1. Esse livro parece ser interessante, mas não faz muito o meu gênero.
      Amei a sua resenha.

      Bjs...
      http://assuntosobrelivros.blogspot.com/

      ResponderExcluir
    2. Nossa, acredita que eu não sabia sobre o que era o livro?
      Adorei isso de ter dois personagens, duas épocas e as duas histórias serem ótimas! Sei bem como é isso de não querer ler sobre uma e, depois, não querer ler da outra!
      Adorei a resenha!
      Beijão!

      ResponderExcluir
    3. Hum, achei bem interessante esse livro. Queria muito ler algo sobre a história do Shakespeare, vi que lançaram muitos livros sobre o assunto ultimamente e fiquei um pouco perdida sobre qual comprar. Mas gostei bastante da resenha, essa mistura de épocas quase sempre fica interessante nos livros e filmes.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Tem sido mesmo lançados vários livros sobre Shakespeare, Meu Nome é Will é um livro da ficção sobre a vida dele, mas mesmo assim dá para ter um noção legal sobre a época de Shakespeare e a sua vida! E a técnica utilizada torna o livro muito gostoso de ler!

        Excluir
    4. Comprei o livro mas ainda não o li . Minha filha também comprou e começou a lê-lo. Acho que a idéia é muito interessante pq ajuda a conhecer um pouco da vida de Shakespeare para os que não se interessam por literatura inglesa. Vc está de parabéns, tão novinha e interessada em bons livros. bjs.

      ResponderExcluir