Menu

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Livros: temas iguais, épocas diferentes...

Gosto é gosto. E não se discute. Todo mundo um dia já falou ou ouviu essa frase. E até um certo ponto ela é verdadeira. Como não somos figurinhas repetidas, com pensamentos, histórias e personalidades iguais, nossos gostos são diferentes e sair discutindo que aquilo que fulano aprecia é ruim, ou que ciclano é um tremendo bocó por usar tal coisa  pode plantar a semente de uma guerra interminável! Mas sempre existe uma exceção e por isso estou aqui! Falando de livros, muita gente torce o nariz para tal gênero, autor, época e assim vai... Ok. Cada um gosta de uma coisa, porém tratando de leitura as vezes é bom dar uma variada e sair da rotina, numa dessas aventuras você acaba descobrindo paixões. E se você é mais apegado em livros antigos, já pensou na ideia de ler um livro atual com o mesmo tema que você ama? Ou vice versa? Quem topa o desafio? Pensando nisso eu trouxe uma seleção de livros que estão á décadas longe um do outro mas contém semelhanças, com temas iguais... Para se inspirar!

                                         Mitos e Lendas
Eis um assunto que está sempre rendendo bons livros, seja décadas atrás ou atualmente, e nunca sai de moda: mitologias e lendas. E se você se considera fã desse gênero de fantasia não pode deixar de ler a série que marcou época e o autor que a cada dia vêm mostrando que veio para ficar. Falo de As brumas de Avalon ( que o primeiro volume foi resenhado sexta aqui e que está sempre inclusa nas promoções loucas do Submarino) e Rick Riordan (sem comentários.) Ama o tema e quer ler um livro mais antiguinho? Aposte na obra de Marion Zimmer Bradley e conheça a história do Rei Arthur através de olhos femininos, ou se não abre mão de mitos e de coisas mais atuais leia Percy Jackson e seu banho de mitologia grega ou A pirâmide vermelha e seu Egito, ambos de Riordan.

                                              Música
Apaixonado por música? Então já deve ter ouvido falar em O fantasma da ópera. E sim, o musical mundialmente famoso no início era apenas um livro, lançado á 101 anos atrás, em 1910. E a versão literária da história é uma boa aos musicomaníacos, aos que estiverem dispostos a conhecer a Paris do século XIX: com teatros, bailarinas, um fantasma solitário, óperas e todo esse mundo requintado, e principalmente para aqueles que quiserem se arriscar com uma leitura mais antiga e não recusa música no meio. Outra super dica é o recém saído do forno Cante para eu dormir, que saiu pela Pandorga. Vai ler o livro? Te prepara para muito drama e um triângulo amoroso e dizem as más línguas é levemente inspirado no Fantasma da Ópera. Ta aí duas dicas, separadas por século e que são igualmente fantásticas!

                                       Amor Impossível
Senhor Richard Matheson é pai de Nicholas Sparks! Só pode! Façam testes de parternidade porque não há outra explicação para ele ter me deixado tão destruída enquanto lia seu livro assim como o Sparks devem ser os genes. Piadinhas á parte, Matheson criou o amor mais impossível de todos em Em algum lugar do passado lançado em 1975, onde o tempo é o vilão destruidor de corações. Se imagine a 70 anos de distância da pessoa amada e vai entender a gravidade da questão. Então imagine um cara em estado terminal que se apaixona por uma foto de uma atriz de 1800... e volta no tempo para conquistá-la, e por fim imagine um amor lindo, sensível, emocionante e um final que me fez entrar em depressão pós livro. E depois de ler Em algum lugar do passado se ainda estiver inteira depois de chorar oceanos leia o bebê literário Firelight. Que traz toda aquela velha história de inimigos mortais que se apaixonam e pimba! Dá em amor proibido, misture com fantasia e dragões e terá Firelight. Românticas de plantão anotaram? Quero ver todo mundo indo ao sebo mais próximo procurar Em algum lugar do passado e colocando Firelight na cestinha do Submarino viu?

                                                           Crimes e Suspense

É difícil encontrar uma alma leitora que nunca tenha lido nenhum caso de  Hercule Poirot ou Sherlock Holmes. (Na verdade muita gente não leu, mas deixa quieto!) E como não lê-los? Geniais é pouco para esses seres que já estão a gerações encantando jovens e adultos e a lista de fãs só cresce. Só tenho a indicar, clássicos da literatura que fazem os neurônios queimar de tanto pensar! Aceita o teste? Então leia Assassinato no expresso do Oriente ou O cão dos Braskeville mas a dica de ouro de livrinhos antigos do gênero para pegar e nunca mais largar é o Pedro Bandeira. A fera escreveu a turma dos Karas, uma galerinha que tem por hobbi se meter e desvendar investigações e crimes. Sei que muita gente passou os tempos de colégio lendo A droga do amor, A droga americana... que apesar de já ser meio antiga a coleção é totalmente atual e teen. Pensando sobre Os Karas logo me veio á mente Pequeno Irmão, o mais novo lançamento da Galera. Com enredo semelhante com a série nacional, ele trata do mundo virtual e todos seus riscos e conspirações, parece ser bem cult e interessante! Para pegar da biblioteca da escola e da vitrine de lançamentos da livraria!
                                                           
                                                                     Vampiro

Vampiro é um tema polêmico que anda muito na boca do povão. Depois dos lendários Lestat, Louis e Drácula muitos tem dificuldades em aceitar Edward e  sua companhia e vice versa. E se seu objetivo é mudar de ares trocar de vampiros talvez seja legal, pois os livros de vamp mais antigos mantém em sua maioria as características clássicas que os fizeram grandes livros, como a malvadeza desses seres. E os vampiros da atualidade, são por sua vez modernos, teens, sexys. E recentemente tem saído uma safra de novas obras do tema que restaurou a literatura jovem, como Diários do vampiro, Crepúsculo, Academia do Vampiro e etc. E para começar bem, retire lá do fundo do baú um exemplar de Entrevista com o vampiro da Anne Rice ( a diva vem na bienal!!) e seu  famoso Louis, ou se sua praia for os vampiros do século XXI leia Beijos de Vampiro! Com uma estória engraçada, levinha e uma capa de morrer invés de temer esse seres você vai rir deles! Escolha de que lado quer ficar!

                                                                Ficção Científica

Estou sempre citando e lembrando de ficção científica. Ainda mais agora que distópicos não param de ser lançados, minha língua não consegue ficar quieta na boca! Sou super fã de Jogos Vorazes e Feios e vira e mexe fico me perguntando quem plantou a semente, quem foram os percursores do gênero! E prometi para mim mesma: vou ler mais ficção científica! E você não fica curioso para saber quais foram os livros que influenciaram essa nova geração? Se a resposta for positiva procure por Planeta dos macacos, 2001 e principalmente Viagem ao centro da terra, do célebre Júlio Verne, que já na década de 1860 imaginava um interior terrestre todo futurístico, tinha uma visão anos á frente de seu tempo, ele também escreveu Vinte mil léguas submarinas, Volta ao mundo em oitenta dias que valem uma chance! E que tal adotar mais um bebê literário? Recém saído da maternidade? Falo da fofurinha O motivo o mais novo distópico exibido nas livrarias, trazendo uma sociedade estranha, totalmente masculina, com zero mulheres, mas como em distópicos sempre existe A exceção já dá para imaginar o que se acaba encontrando...

Agora é só escolher seu tema preferido e desfrutar do que de melhor os livros idosos e os jovens de cada categoria tem a oferecer, no fim o importante é ler!

Um comentário:

  1. Gi, pra variar você arrasando nos posts!
    Adoro sua criatividade e posts sempre completos e diferentes!
    Super amei as indicações e acho muito válido o que você disse sobre variar nas temáticas de vez em quando, além de ser bom ler de tudo um pouco pra realmente conher os diferentes gêneros, a gente pode acabar se apaixonando!
    E amei você ter citado Pedro Bandeira, amo a série os Karas!
    Beijos!

    ResponderExcluir