Menu

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Especial: Olimpíadas Londres - autores britânicos

Começou a festa. O mundo todo parou, para assistir, torcer e se unir nessa festa do esporte, as Olimpíadas. Dia 27, sexta feira em Londres ocorreu a  abertura dos Jogos Olímpicos. Um show de cores, efeitos, sons, história e cultura, sendo assim a literatura inglesa esteve bem presente, com direito a uma encenação inspirada em Shakespeare, J. K. Rowling lendo Peter Pan, Voldemort aterrorizando crianças enquanto centenas de Mary Poppins descem voando do céu como mágica para resgatar as pobres vítimas do Lord. Um verdadeiro espetáculo, lindo de se ver.

Isso tudo me deu a ideia de preparar um breve especial, sobre a cultura/literatura inglesa. Como todos sabem, a terra da rainha hoje e sempre vem influenciando o mundo todo com sua cultura, na literatura não podia ser diferente. Alguns autores ingleses escreveram obras primas, conquistaram milhares de fãs e entraram para o roll dos grandes mestres da literatura mundial, e eu estou aqui para lhe apresentar a esse pessoal que fez história! Vem conhecer a turma, vem!



VIRGÍNIA WOOLF: A problemática autora, que desde cedo esteve familiarizada ao mundo literário. A romancista modernista e editora foi um dos principais nomes de sua época, entre suas principais obras está Orlando, Passei ao Farol e Mrs Dalloway. Depressiva, ela deixou um carta ao marido e logo em seguida se suicidou em 1941.

CHARLES DICKENS: O autor é um dos ícones da literatura inglesa. Foi um dos maiores autores da era vitoria, sua obra tem forte crítica social e continua a ser moda até hoje. Seus livros mais famosos são Oliver Twist, David Copperfield, Um conto de natal que já foram  muitas vezes adaptados para o cinema.

AGATHA CHRISTIE: Simplesmente uma das escritoras mais traduzida do planeta superada apenas pela bíblia, mais de 4 bilhões de livros vendidos. A rainha do crime, a maior autora de romance policial de toda a história. Alguns de seus personagens como Hercule Poirot,  são tão famosos quanto a própria criadora. Cai o pano, O caso dos 10 negrinhos, Assassinato no expresso do oriente são algumas de suas principais obras.



OSCAR WILDE: Autor irlandês, considerado parte da literatura inglesa viveu uma vida excêntrica e mundana. Polêmico ele foi preso acusado de homossexualismo. Seu único e principal romance é O retrato de Dorian Gray, tão extravagante como seu autor, tratando basicamente da arte, vaidade e manipulações humanas.

WILLIAM SHAKESPEARE: Impossível nunca ter ouvido falar dele. É dito como o maior escritor da língua inglesa. O poeta e dramaturgo influenciou o mundo todo com sua obra sendo frequentemente revisitada pela TV, cinema, teatro, literatura. Entre suas principais obras estão Romeu e Julieta, Hamlet, Macabeth, A tempestade, Sonho de uma noite de verão, A megera domada. 

LEWIS CARROL: É o polêmico autor do clássico infantil Alice no país das maravilhas. Há uma tese que defende que o livro de Alice e todas suas aventuras fantasiosas, vários personagens e passagens específicas critiquem a sociedade inglesa da época e façam alusão ás drogas, além disso sempre houve uma associação de Lewis com a pedofilia, pois ele tinha estranhas amizades com crianças, meninas, das quais fotografava semi nuas, inclusive  Alice foi escrito em homenagem a uma de suas " amiguinhas " de mesmo nome.



JANE AUTEN: Idolatrada por leitores fã de chick lit, considerada a " mãe " do gênero, apesar de morta a quase 200 anos seus livros continuam sendo muito lidos ainda na atualidade, seus personagens são ícones da literatura, fortemente presentes na cultura popular. Quem nunca ouviu falar de Elizabeth Bennet e Mrs Darcy? Ou em seus livros? Orgulho e preconceito, Razão e sensibilidade, Persuasão? Todos foram diversas vezes adaptados para cinema, TV, literatura.

CONAN DOYLE: Considerado juntamente de Agatha Christie o maior escritor de literatura criminal. Seu principal personagem, Sherlock Holmes é até mais famoso que seu " pai ". O detetive tem milhares de fãs do redor do planeta. Já foi para os cinemas diversas vezes, inclusive inspirou uma série também britânica recentemente. Um estudo em vermelho, Os cães dos Baskervilles são duas de suas grandes obras.

IRMÃS BRONTË: Charlotte, Emily e Anne, as irmãs Brontë, tiveram vidas curtas, todas dizimadas pela tuberculose, porém garantiram seu lugar na literatura inglesa. Charlotte escreveu Jane Eyre, Emily ( a mais conhecida das três ) o famoso Morro dos ventos uivantes e Anne, Agnes Gray, A moradora de Wildfell Hall. Usando pseudônimos masculinos para evitar a discriminação ( não era fácil ser mulher e escritora na Era Vitoriana ) elas lançaram seus livros que foram severamente criticados o que não impediu que se tornassem sucesso e clássicos.



LORD BYRON: Um dos maiores representante do romantismo inglês. Escreveu inúmeros poemas; sobre amores impossível, crises existenciais e toda a melancolia que só o romantismo possui. Seu maior legado literário foi Don Juan.

J. K. ROWLING: Recusa apresentações. Nada mais nada menos que a criadora do  mundo de Harry Potter, com seu bruxinho ela influenciou diretamente o mercado literário jovem, lançando tendência, sendo precursora de um gênero. J.K. teve lugar de destaque na abertura das Olimpíadas, lendo Peter Pan durante um momento da cerimônia e depois com  uma representação de seu vilão, Lord Voldemort, atormentando crianças em uma encenação.

J. R. R. TOLKIEN: O autor sul-africano naturalizado inglês escreveu O hobbit, Senhor dos Anéis, O silmarillion, e se Austen é considerada a mãe do chick lit, ele é visto como o pai da literatura fantástica moderna. Tolkien passou anos trabalhando em suas ideias e o resultado foi uma obra marcada pela complexidade e riqueza de detalhes, que se tornou best-seller. Senhor dos Anéis foi para os cinemas em forma de trilogia fazendo estrondoso sucesso e ainda esse ano deve sair um filme, adaptando seu romance O hobbit de 1937.

Gostaram da primeira parte do especial? Já conheciam todos os autores? Qual seu preferido? ( Tirando J.K pessoal! ) Quem gostou saiba que não acabou! Essa semana ainda sai segunda parte do especial, com dicas de leitura valiosas para quem quer mergulhar de cabeça no espírito inglês/londrino! Não se esqueçam de comentar e deixar a Ge feliz viu!

2 comentários:

  1. Amei o post, Gi!
    A Inglaterra é digna de admiração em termos literários, olha só esse time!
    Tirando a JK (hehe), meus favoritos são Jane Austen e Shakespeare! Mas todos são de se aplaudir!
    Essa semana que passou quase comprei um livro da Virgínia Woolf, quero muito ler algo dela!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  2. Geovanaaaa! Estou admirada com a qualidade do seu Blog! Parabens menina!!! Voce chegara longe...

    Muito bem escrita a sua publicacao.

    Abracos.

    Giza, from York, Inglaterra

    ResponderExcluir