Menu

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Resenha: Glee o início



 Autor: Sophia Lowell
 Editora: Galera Record
 Ano: 2011
 Onde comprar: Cultura / Saraiva
 Classificação: (3/5)

 SinopseUma oportunidade única para conhecer os bastidores do     colégio McKinley, antes mesmo de o New Directions existir aos olhos     do Sr. Schuester,e descobrir tudo sobre os principais personagens da série Glee.Quando Rachel viu Finn com outros olhos pela primeira vez? Como Quinn e Puck começaram seu romance secreto? Quando Mercedes começou a confundir os conceitos de “amigo gay” e “namorado”? E como será que o então amador clube do coral sobrevivia sem um líder destemido? Dica: não era exatamente um sucesso.

Julho. A Galera lança Glee. Surto só de pensar em Rachel, Kurt, Queen  nas páginas de um livro, em lugar de destaque na minha estante. Um fato: eu tinha de ter esse livro. Seja comprando ou ganhando. Andava muito sortuda e aproveito participando de milhões de promoções do livro, e ganho! 
O livro é um prequel, ou seja, tudo acontece antes do início oficial da história, da série. Ele nos apresenta ao McKinley, um colégio americano cheio de divisões, marcado pelo bullyng, onde os populares comandam e os losers ( perdedores) aceitam a humilhação.
  No mais baixo nível da ordem social do colégio, está o Glee Clube. Formado por alunos que amam música e ali  desafogam seus dramas, tão talentosos quanto inseguros, eles tem medo de serem humilhados e não tentam ir além, se apresentar... Mas para isso que Rachel Berry entra em cena, uma aluna mal vista entre os colegas, egocêntrica, que sonha em se tornar a próxima diva da Brodway, artista completa, como ela se define, é o que Glee precisa para ir para a frente, e já chega prometendo fazer essa galera se mexer... Mas será que uma dose de Berry é o bastante para  reavivar o clube? Ao mesmo tempo, a Abelha Rainha Queen está dividida entre o bad boy Puck e o bom moço Finn. Mercedes se confunde quanto aos sentimentos de Kurt para com ela, que nem imagina que o amigo seja na verdade gay...
  Sophia Lowell escreveu uma fanfic sobre a série, que desde o seu lançamento tem dado o que falar. E de certa forma, a autora se saiu bem no desafio de escrever sobre Glee. Ela soube captar com perfeição os traços das personagens, consegui claramente imaginar Rachel e seu jeito caricato, animado demais, autoconfiante demais. Queen exalando superioridade, Finn meu eterno bobão preferido, Mercedes se sentindo a diva diminuída, Artie apaixonado, Tinna sinônimo da insegurança e assim vai...Quando se escreve em cima de algo que já existe, a responsabilidade é dobrada, e Lowell não se intimidou com a situação, mandou ver! 
 O livro tem o mesmo clima cômico dramático da série mas peca pela simplicidade inúmeras vezes, apesar de ter representado magistralmente os personagens, faltou profundidade, ir um pouquinho mais fundo nos sentimentos e emoções, só mais um pouquinho! Os acontecimentos são interessantes mas previsíveis, nenhuma surpresa, nenhuma informação extra imperdível como tanto falaram que iria ter, talvez quanto o romance entre Fabray e Puck mas novamente, nada de extraordinário. Will, Sue e Emma nem fazem diferença na trama e mesmo adorando o trio não senti a ausência deles!  No fim, não me decepcionei com o livro. Não o classificaria como meia boca, pois tem seu mérito: é divertido, envolvente,  gostoso de se ler numa tarde só, leve e despretensioso. Recomendaria a todas a jogar fora as pretensões e curtir sem esperar demais, querendo topar com algo como Tolstoi, Jane Austen . Vá querendo curtir os primórdios do Glee e seus amados personagens, curtir a novidade de uma série nas páginas de um livro... Somente leia.


4 comentários:

  1. Sou louca para assistir essa série, como gosto muitos de musicais e de ver gente cantando tenho certeza de que vou amar!! O problema é que como não a acompanhei desde o início, de vez em quando pego um episódio ou outro na tv e fico meio perdida, mas mesmo assim vejo!!
    É ótima e o livro parece ser bem legal tb! Mas ainda assim nesse caso específico, acho que prefiro a série!

    Bjo

    ResponderExcluir
  2. Ótima resenha, Gi!
    Eu quero muito ler o livro e é bom saber que mesmo que não vá tão a fundo nos sentimentos, ainda assim é bom!
    Sou louca por Glee, como você sabe, e claro que não posso deixar de ler ^^
    Beijão!

    ResponderExcluir
  3. Ótima resenha, mas pra falar a verdade não gosto de Glee =/

    ResponderExcluir
  4. Eu pensei que ficaria animado quando esse livro fosse lançado aqui no Brasil, mas eu nem fiquei. A magia que a série Glee tinha no começo foi se perdendo aos poucos, e hoje, infelizmente, eu tenho mais motivo para criticar do que amar. Acho os personagens ridículos demais, o que cria história ainda mais ridículas na série.

    Entretanto, eu resolvi ler sua resenha e gostei demais. Você me comprovou algo que eu já tinha em mente: que Glee - O Inicio nada mais é do que uma obra para passar o tempo.

    E, infelizmente, não ando tendo dinheiro para gastar com livros assim.

    Parabéns pela resenha ^^

    LENDO E VENDO
    lendoevendo.fanfusion.org

    ResponderExcluir