Menu

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Resenha: As Brumas de Avalon ( A senhora da magia)

Autor: Marion Zimmer Bradley
Ano: 1979
Onde comprar: Submarino / Saraiva
Classificação: (5/5)


SinopseNeste enorme e emocionante romance, a lenda do rei Artur é contada pela primeira vez através das vidas, das visões e da percepção das mulheres que nela tiveram um papel central. Igraine, Viviane, Guinevere, Morgana. Elas revelam, com as suas vidas e sentimentos,a lenda de Artur, como se fosse nova de, ao mesmo tempo, levam o leitor a integrar-se na história, de maneira natural e profunda. Assim, esta obra proporciona uma narrativa soberba de uma lenda, e a recriação dessa lenda, bem como a brilhante contribuição para a literatura do ciclo arturiano.



Li As Brumas de Avalon - A Senhora da Magia em 3 dias de tão bom que o livro é. Narrando de uma maneira totalmente diferente e inovadora a lendária história do Rei Artur. Diferente porque essa história nos é contada através da visão das mulheres que fizeram parte dela, como Igraine (mãe de Artur), Viviane (irmã de Igraine e Senhora de Avalon), Morgause (também irmã de Igraine, mas que tem um caráter dúbio) e Morgana (filha de Igraine, irmã de Artur, que foi criada por Viviane e tornou-se Sarcedotisa de Avalon).

Como As Brumas de Avalon é uma série e esse ainda é o seu primeiro livro, então a história ainda está muito no comecinho. Artur somente torna-se rei ao final do livro. Porém, todos os mistérios que cercam o trono de Artur que são o ponto alto da leitura. Marion Zimmer Bradley nos mostra a religião pagã de uma forma brilhante, descrevendo diversos rituais que são pesados, mas ao mesmo tempo, interessantíssimos. Por tal fato, este não é o livro que dê para ser lido por crianças, pois há muito relatos de rituais pagãos que envolviam sexo e demais atitudes adultas.

Interesso-me muito por histórias de "bruxas/feiticeiras" (não são exatamente esses os termos exatos para chamarmos os Druidas, ou seja, o povo que vive em Avalone adora a Deusa). O livro nos mostrar uma total guerra de religiões, entre o Cristianismo e Paganismo. Aliás, não leiam "paganismo" como um termo pejorativo, pois não é. Como amante de todas as religiões que sou, lhes digo que a religião pagã nada tem a ver com adoração ao Diabo ou coisa do tipo.

Leiam As Brumas de Avalon e se deparem com uma verdadeira luta de religiões, cada uma tentando ter o seu lugar ao sol. Nos é mostrado um Cristianismo totalmente machista, onde seu Deus é punitivo e não misericordioso. Em contrapartida, a religião pagã dos Druidas tem como divindade máxima a Deusa (o sagrado feminino) e vê a castidade como uma fraqueza do Cristianismo. Leiam esse livro de mente aberta, pois há descrições de rituais que são de assustar (com sexo e uso de drogas), e sabendo que a religião pagã em nada tem a ver com o Satanismo. Além do fato de Morgana ter relações sexuais com seu próprio irmão, Artur, e ter um filho com o mesmo.

Para quem gosta e se interessa pelas as histórias do Rei Artur, não deixem de ler As Brumas de Avalon e se depararem com uma recriação totalmente nova dessa história fantástica e instigante. 

                                                       Resenha de: Priscilla Duhau

Então pessoal, eu ( Geovanna) estou indo para São Paulo quinta feira ( o post vai ao ar sexta mas eu estou fazendo ele quarta.) e só volto domingo á noite. Serão três dias sem net, sem livros e sem vocês! ( Como vou sobreviver?!) Me esforcei muito para preparar posts pelo menos de segunda a sexta, a semana foi fogo, pura correria e stress por isso domingo nem vai ao ar minha coluna no Open Page, tive zero tempo para preparar alguma coisa... mas segunda estou de volta! Espero que compreendam!

7 comentários:

  1. Eu estou lendo a saga das Brumas de Avalon, é maravilhosa... estou terminando o terceiro... recomendo muito pra quem gosta de temas medievais e pra quem quer saber um pouco mais da lenda do Rei Arthur e seus cavaleiros!

    ResponderExcluir
  2. Ótima resenha, mas, sei lá, acho que não é o tipo de livro que eu gosto. Eu gosto um pouco da época medieval, mas só leio se o livro for realmente muito bom, e a resenha não me deu vontade de lê-lo. Mas vai saber se um dia eu leio por curiosidade e acabo gostando...

    Até segunda Geovanna, vou sentir saudades nesses dias, (: Boa viagem.

    Beijos.
    Sonhos de Garota

    ResponderExcluir
  3. Se tem uma série em livros que eu acho interessantíssima, é esta. Nunca tive a oportunidade de ler, mas tenho alguns amigos que adoram a saga, e tercem críticas super positivas. Contudo, nunca parei para ler de fato uma resenha de algum deles, mas agora realmente puder ver o quão atraente é. A temática soa muito bem para mim, e espero poder desfrutar de leituras assim em breve.

    Boa viagem, Geovanna. Curta bastante! Até mais.

    Um abraço.
    http://universoliterario.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Ainda não li esse livro apesar de ter várias pessoas falando dele e tal.

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi, primeira visita, muito bom seu blog! seguindo, me segue tbm!
    http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com/
    bjss *-*

    ResponderExcluir
  6. Geoo, aconteceu o mesmo comigo essa semana. Viajei na sexta de manhã cedo para Natal e só voltei no domingo a noite. Foi tão difícil ficar sem entrar no blog, postar e principalmente, ficar sem ler nada!! Até levei o livro mas não deu nem tempo de abri-lo. Compreendo você perfeitamente!! ^^
    Espero que a viagem tenha sido ótima!

    Agora mudando de assunto para resenha em questão. Já li esse livro (comprei há uns dois anos naquele promoção básica do Submarino que perdura até hoje) mas confesso que estanquei no primeiro. Não é que o livro não seja bom, eu admito que gostei e que a leitura é até envolvente, mas não foi tão bom assim, esperava mais de certa forma. Uma coisa que não gostei foi que praticamente antipatizei com TODAS as personagens do livro! Isso nunca havia acontecido antes! De fato não é um livro ruim, é sim muito bem escrito, mas não é dos meus preferidos! E por mais que tenha postergado ao máximo a leitura dos outros, pretendo dar continuidade a série!

    Ah e só pra ressaltar uma questão presente no texto, pelo menos a questão da Morgana ter relações sexuais com o próprio irmão e até mesmo um filho, como posto no final da resenha foi devido à personagem não ter o conhecimento de que o mesmo era seu irmão (pelo menos até onde eu me lembro, faz tanto tempo que li, tenho quase certeza). Mas a Viviane sabia e por mais que seja um ritual e tudo mais, fez isso logo com a coitada da Morgana, (a personagem que menos antipatizei no livro), achei uma sacanagem da parte dela... enfim, eu sou uma reles mortal perto dos seres fantásticos de Avalon, então não posso falar nada! E isso é só um detalhe perto da complexidade e do mundo que o livro aborda! ^^

    Bjos para as duas, Duhau e Geo! ;*

    ResponderExcluir
  7. Querendo ler muito a série!!
    Depois dessa resenha então...

    ResponderExcluir