Menu

sexta-feira, 31 de maio de 2013

Resenha: O castelo de vidro

O Castelo de VidroAutor: Jeannette Walls
Editora: Nova Fronteira
Ano: 2007
Onde comprar: Submarino - Saraiva 


 Sinopse: “Filha, a gente não tem dinheiro para o presente, mas escolhe uma estrela no céu, e fica com ela pra toda a vida.” Todo mundo pode dar uma segunda chance à vida. Em suas memórias, a jornalista e escritora Jeannette Walls nos mostra, sem pieguices e respostas fáceis, que tudo na vida é mesmo relativo, que as adversidades podem ser vividas com leveza, somando aprendizado e grandeza às nossas biografias.

Fazia tempo que eu desejava ler esse livro. Mas seja por falta de dinheiro ou por uma outra leitura passar na frente eu nunca lia o benedito! Pois então Maio chegou e trouxe com ele o maravilhoso O castelo de vidro pelo preço de inícrveis 9,90! A biografia inacreditável da jornalista Jeannette Walls me conquistou desde as primeiras páginas. Ela e os irmãos passam a infância toda  viajando o país em carros velhos com os pais vivendo como nômades, cada mês numa cidade, como se tudo fosse uma eterna brincadeira! Filhos de pais excêntricos, tão geniais como irresponsáveis os irmãos Walls se deparam com as mais loucas e difíceis situações  e como única opção tem de lutar para sobreviver, para enxergar em seus dias tão amargos, aventureiros e miseráveis toda a beleza que a vida pode oferecer!

O castelo de vidro é daqueles livros incomparáveis que se destacam entre todos. Há alguma coisa nele que não sei explicar, uma alma e beleza diferenciada que foge do estilo tão padronizado de hoje. Talvez seja por essa personalidade própria que eu tenha amado tanto o livro. A autora narra de forma única, despretensiosa  totalmente sincera sua história curiosa sem nenhuma auto piedade conferindo assim um tom leve e ao mesmo tempo trágico a trama. Experiência sem igual! Tive a sensação de ler uma história nos anos 60/70, como em filmes, com uma família desajustada, de pais hippies viajando pelo deserto, cheio de tralhas, country como trilha, cerveja, cigarro, uma vida de riscos, loucuras e liberdade. Nostalgico! Narrativa primorosa, história interessante e personagens marcantes o que eu ia querer mais?

Os pais de Jeannette são personagens que amo e odeio simultaneamente. Adoro suas personalidades originais mas são na maior parte do tempo excêntricos e egoístas, arrastam os filhos no seu jeito maluco de viver e por isso as crianças passam diversas dificuldades. Mas por trás da casca de aluados, em Rose Mary e Rex Walls há pessoas sonhadoras e frustradas, que não se encaixam no mundo e isso reflete em Brian, Jeanette, Lori, Maureen. Rose é por vezes infantil, uma pintora que sonha em ser artista já Rex é um homem inteligentíssimo e incompreendido, que passa a vida tentando fazer grandes coisas sem sucesso. Se afoga na bebida, por vezes é um péssimo pai, ausente, porém tanto ele quanto Rose ensinam muito aos filhos e os amam a sua maneira. Passam seu amor pelo saber a eles, os ensinam a enfrentar a vida e encontrar a beleza até mesmo na dor. 

Já os irmãos Walls são verdadeiramente uma lição. Venceram a fome, o frio, os pais negligentes. Foram humilhados, moraram em barracos, não tinham nem roupas direito mas sua precoce maturidade os salvaram. Sem lamentar sua sorte, eles estão sempre buscando uma saída, uma vida normal e melhor. Nunca perdem a fé, o otimismo, tem razões e ainda assim não deixam de amar e compreender os pais. Simplesmente lindo. As dores, as pequenas alegrias de Jeanneatte foram as minhas, sua história é permeada por situações inacreditáveis e emocionantes. <3

O castelo de vidro é uma biografia emocionante, marcante, curiosa. Um livro forte, pitoresco, dramático ( sem ser óbvio e cansativo )naturalmente bem humorado que nos apresenta a uma família excêntrica que vence todas as diversidades nos ensinando como cada um de nós pode criar finais felizes! Nos faz refletir sobre a vida,  sobre nossos relacionamentos familiares. Dá vontade de enfrentar os desafios, de ser vencedora como Jeannette. Sem dúvidas um dos meus favoritos, apaixonante! Vai sair um filme com a querida Jennifer Lawrence espero que consigam transportar toda a beleza do livro para as telonas!

3 comentários:

  1. Gosto de livros que falam da realidade nua e crua de vida, todo mundo imagina e sonha com aquela coisa perfeita, mas e qdo ela não acontece? O q devemos fazer? Por isso é bom ler coisas diferentes, principalmente de pessoas que superaram tantas coisas.

    Andy_Mon Petit Poison

    ResponderExcluir
  2. É, viajamos muito no mundo dos sonhos nos livros, mas é legal mesmo ler esse livros assim, choque de realidade, meio que inspira quem lê a enfrentar a vida, as dificuldades!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns! Sua descrição do livro capta de forma perfeita cada detalhe e comportamento dos personagens.
    É realmente um excelente livro, todos leitores, seja tanto os mais assíduos quanto os menos, devem inclui-lo em sua lista de leitura.
    Desde seu lançamento estava em minha lista, mas sempre passava dezenas de outros a frente! rs Mas sem sombra de dúvidas esse vai ficar marcado em minha memória.

    ResponderExcluir