Menu

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Garota Retrô: Filme - O fantasma da ópera



O fantasma da ópera é a versão cinematográfica de 2004 do musical mundialmente famoso baseado no livro clássico de mesmo nome, de Gaston Leroux. Segue abaixo um pequeno resumo do filme retirado do site Cinema com rapadura:

" A voz dele chama o nome dela, alimentando o seu talento extraordinário pelas sombras do teatro que a ingênua garota do coro, Christine Daae (Emmy Rossum, de “Sobre Meninos e Lobos”, em um bom momento), fez um lar. Somente a mestra de balé, Madame Giry (Miranda Richardson), sabe que o misterioso “Anjo da Música” de Christine é, na verdade, o Fantasma (Gerard Butlerde "Tomb Raider"), um gênio musical desfigurado que assombra as catacumbas do teatro, aterrorizando a todos os artistas que vivem e trabalham ali. Quando a diva temperamental, Carlotta (Minnie Driver), abandona o ensaio da mais recente produção da companhia, os novos gerentes do teatro não têm outra escolha, se não colocar Christine sob a luz dos holofotes.
Sua noite de estréia encanta ao público e também ao Fantasma, que se empenha em transformar a sua protegida na próxima estrela da ópera. Mas ele não é o único homem poderoso a ficar impressionado pela jovem soprano. Christine logo se vê cortejada pelo rico patrono do teatro, o Visconde Raoul de Chagny (Patrick Wilson, numa fraca atuação). Apesar de sentir-se enfeitiçada por seu carismático mentor, Christine fica inegavelmente atraída pelo elegante Raoul, provocando a ira do Fantasma e preparando o palco para um crescente dramático onde paixões arrojadas, ciúme violento e amor obsessivo ameaçam deixar os predestinados amantes — como diz a música — “num ponto sem volta”.
Para quem ama música, histórias com toques de vintage, que são pura arte como eu, O fantasma da ópera é uma ótima pedida. O filme tem uma exuberante fotografia, figurino e trilha. Talvez seja isso o melhor da adaptação. Realmente de tirar o fôlego, nos transporta para Paris de 1870, até o magnífico teatro assombrado pelo " Anjo da música. " Confesso que amei toda a parte visual. Me encantou, fiquei extasiada diante a tela, é tudo o que sempre rezo para encontrar nos livros, filmes antigos que assisto. Simplesmente fabuloso.
A atuação dos atores é mediana. Emmy é uma boa Christine, embora um pouco inexpressiva, na época tinha 16 anos o que rendeu em uma doce e jovem cantora. Sua voz é bonita, ela realmente cumpre bem sua missão como atriz e cantora. Já Raoul ( o namoradinho de Daeé e o fantasma ) não são lá tão bons cantores como Emmy, são bem limitados vocalmente, mas nada grave. Talvez o verdadeiro problema do trio reside no fato de que eles não mostraram muito entrosamento. O romance entre Christine e Raoul não convence, nem o " quase " romance com o fantasma. O filme é longo, quase duas horas e meia e quase todo cantado, o que se torna por vezes maçante e pode incomodar.
O destaque a meu ver certamente foi do fantasma. O gênio que beira á insanidade rejeitado por sua aparência, que nutre um amor obsessivo e de certa forma platônico por Christine enquanto vive no subterrâneo do teatro, imerso em uma profunda frustração, sendo dominado pelos mais diversos sentimentos, ódio, amor, ira, dor... uma vítima, que só recebeu desprezo da vida e então ferido só soube machucar. Uma mistura da Fera de " A bela e a fera " Quasimodo de " O corcunda de Notre Dame " e um vilão. 
Adorei O fantasma da ópera. Quem gosta de filmes extremamente artísticos, na certa vai gostar. O filme é um presente para os olhos e ouvidos. Todos os elogios que eu fizer á parte visual ainda será pouco. Lindo. Apesar disso ele deixa a desejar em outras áreas, como a atuação, mas nada terrível. Tem suspense, romance, drama, é muito bom. Sinto falta de mais filmes assim, musicais, de época, com alta produção, que me transportem para outra época amo coisas do tipo mas é difícil de se encontrar. Torço por mais lançamentos do gênero.
Observação: O fantasma da ópera me lembrou muito o universo místico, sombrio e deslumbrante de O circo da noite, torço para que o livro se torne filme, seria um filme fantástico também.


Segue abaixo o filme online legendando, quem quiser assistir:



A coluna Garota Retrô traz tudo sobre o cultura vintage, filmes, livros e muito mais.

Um comentário:

  1. Gi, esse é um dos meus filmes favoritos, senão o favorito.
    Amo de paixão, fico completamente encantada toda vez que assisto.
    Eu não gosto do Raoul, o romance deles não me convence também. Mas eu AMO o fantasma e sempre quis que ela ficasse com ele haha
    Aliás, foi a partir desse filme que nasceu meu amor pelo Gerard Butler *.*
    Beijão!

    ResponderExcluir