Menu

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Coluna da Cynthia: Resenha - Uma manhã gloriosa




Olá pessoal! Nesse dia histórico, 11/11/11, trago uma super novidade que tenho certeza, também é um marco, na história do Garota das Letras! Senhoras e senhores com vocês, Cynthia, nossa mais nova resenhista! Ao lado da Duhau, a cada quinzena vocês verão uma resenha dela por aqui! E poderão ver uma vez por mês alguma das minhas listas (sem noção) lá no blog dela, o Garota que ama ler! E na estreia da nossa nova colaborado temos a resenha de Uma manhã gloriosa. Confiram!





------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Autor: Diana Peterfreund     
Editora: Record 
    Ano: 2011
    Classificação: (5/5)
    Sinopse:Nesta história, Becky Fuller, uma bem-sucedida produtora de programas de televisão em uma emissora local de Nova Jersey, é despedida. Mas ela vê seu sonho de trabalhar em Nova York virar realidade quando aceita um emprego no Daybreak, programa com péssimos índices de audiência, equipamentos ultrapassados e uma equipe excêntrica. Agora ela deverá salvar sua carreira, sua vida amorosa e, não nos esqueçamos, o Daybreak. 

O lançamento da Record é baseado no roteiro de Aline Brosh McKenna que também foi roteirista de O Diabo Veste Prada e Um lugar chamado Notting Hill. O livro é um chick-lit delicioso e muito rápido de ser lido. Becky Fuller é produtora de um programa matinal em Nova Jersey. Ela acha que está tudo bem, até que se vê desempregada,solteira e sem esperanças.  Depois disso ela passa dias tentanto procurar um trabalho, pois ela é do tipo 'viciada' nisso, e admite a si mesma. Até que ela recebe uma proposta: trabalhar em Nova York em um programa matinal, o DaybreakMas ao que tudo indica, as coisas não vão ser fáceis para Becky, pois o Daybreak temPÉSSIMOS índices de audiência, equipamentos pra lá de antigos e uma equipe um tanto excêntrica!


E para piorar a situação Collen Peck e Mike Pomeroy (que acaba de fazer parte do time Daybreak, por sinal) são os âncoras do programa, que se odeiam completamente e que parece que irão matar um ao outro ao vivo! E no meio de toda essa confusão, Becky se envolve com a aparente única descoberta agradável de Nova York, Adam Bennett, um rapaz bonito, fofo e também sucedido.

Uma história que nos prende do início ao fim, com uma protagonista e coadjuvantes muito bem caracterizados, cenas extremamente engraçadas, momentos hilários e que nos tiram grandes gargalhadas, recomendo o livro para aqueles que não estão com muito tempo de ler e que ao mesmo tempo querem se divertir o bastante para adorar Becky Fuller!

4 comentários:

  1. Eu vi o filme... deveria ter esperado pra ler o livro antes... sabecomoé, nunca vejo antes de ler...

    Mas AMEI o filme e o livro ainda deve ser melhor :D


    Beijocas,
    Lariane - www.leiturasedevaneios.com.br

    ResponderExcluir
  2. Bem vinda, Cynthia ^^
    Sucesso pra vocês duas!!

    Eu tinha curiosidade de ler o livro, mas fiquei mais curiosa depois da sua resenha!
    Não sabia que o livro era tão engraçado!

    Beijão!

    ResponderExcluir
  3. Adoro esse filme gosto muito da atriz que faz a Becky,só não li o livro.

    ResponderExcluir