Menu

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Resenha: O ladrão de raios

Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Ano: 2008
Onde comprar: Submarino / Saraiva
Classificação: (4/5)

Sinopse: Primeiro volume da saga Percy Jackson e os olimpianos, O ladrão de raios esteve entre os primeiros lugares na lista das séries mais vendidas do The New York Times. O autor conjuga lendas da mitologia grega com aventuras no século XXI. Nelas, os deuses do Olimpo continuam vivos, ainda se apaixonam por mortais e geram filhos metade deuses, metade humanos, como os heróis da Grécia antiga. Marcados pelo destino, eles dificilmente passam da adolescência. Poucos conseguem descobrir sua identidade.O garoto-problema Percy Jackson é um deles. Tem experiências estranhas em que deuses e monstros mitológicos parecem saltar das páginas dos livros direto para a sua vida. Pior que isso: algumas dessas criaturas estão bastante irritadas. Um artefato precioso foi roubado do Monte Olimpo e Percy é o principal suspeito. Para restaurar a paz, ele e seus amigos - jovens heróis modernos - terão de fazer mais do que capturar o verdadeiro ladrão: precisam elucidar uma traição mais ameaçadora que a fúria dos deuses.


No início do ano eu fiz uma promessa: iria ler pelo menos um volume das grandes séries de aventura juvenis: no mínimo o primeiro de Harry Potter, Percy Jackson, As crônicas de Nárnia e mais alguns de Desventuras em série ( que eu amo e leio sempre vários de uma vez) pois era uma vergonha nunca ter lidos essas obras.
Eis que semana passada consigo o "Ladrão de Raios" emprestado, para completar meu sucesso na meta, estamos no fim de Julho e  lá se foram os três primeiros livros de HP , quatro do Desventuras em série , finalmente iria começar a leitura da tão falada série de Rick Riordan, faltando apenas As crônicas de Nárnia (alguém quer me emprestar?)


O livro narra a vida de Percy Jackson, um menino desajustado, disléxico, que se acha e é considerado um grande problema, expulso de várias escolas, as confusões parecem simplesmente surgir aonde ele vai, como um imã,tudo é muito confuso e frustrante em sua vida. Quando ele é atacado por sua suposta professora de matemática, que vira um monstro em sua frente em um museu, ele vai percebendo e pouco a pouco os outros também vão lhe dizendo, que ele não é um garoto normal, mas sim um Semi deus, como na antiga Grécia, como Hércules e afins, descobre que os deuses estão vivos, ainda se apaixonam por mortais e fazem filhos como nas histórias que se aprendem na escola. Depois de fugir de monstros, perder a mãe, conhecer o acampamento meio-sangue, Annabeth, Grover,os outros heróis e sua nova vida ele faz sua principal  descoberta: está metido numa briga, no roubo do Raio de seu tio Zeus e o acusado é, ele! Justamente por seu filho de Poseidon, o deus das águas, agora ele tem de embarcar numa aventura insana para tentar salvar sua pele, sua mãe e o mundo da maior guerra de todos os tempos...

Comecei a ler com grandes expectativas, esperei tanto para lê-lo que  não aceitava decepções. E ele não me frustrou. Rick Riordan misturou o mundo real, com um universo mágico, cheio de deuses, mitos e cultura grega,ele traduziu todo esse mundo que nos acostumamos a ver como velho, da antiguidade, de três mil anos longe de nós para a atualidade, tão século XXI quando nossa vida. Enredo fantástico, bem bolado, até porque se parar para pensar, se na mitologia eles existiam anos atrás, porque não existiriam hoje? Porque não existiriam heróis, monstros e deuses?

Misture isso a ação, mistério e você terá uma narrativa que flui, que correu e nem vi. Foram 150 páginas no primeiro dia e os outros dias seguiram o embalo. Esse não é um livro que só te prende no início, ou só no meio, ou que te sacrifica sendo legalzinho lá pelo fim, não! Ele já começa empolgante. Sem falar no humor que está presente em toda a trama e me fez rir feito louca em certos momentos com o Percy. Como o narrador é ele, vamos descobrindo sua nova vida com o garoto, impossível não se sentir um Percy Jackson.

Os personagens são cativantes. Gostei de todos. Percy é confuso, não quer acreditar que aquela coisa louca de semi deus seja verdade, Annabeth é uma pequena Hermione Granger grega! E grover é um amigo que promete me arrancar lágrimas se eu ler os próximos livros. Aliás é impossível negar as semelhanças com Harry Potter: o menino rejeitado que descobre ser grande, o trio parada dura que está em todas, a menina inteligente e orgulhosa, o cara chato que insiste em implicar com o mocinho ( no caso senhor D. e Ares) um garoto arrogante e invejoso ( Clarisse) o diretor boa pinta ( Quíron) o acampamento ( Hogwarts) um roubo e eu poderia ficar citando por um bom tempo. Mas discordo que seja cópia, as duas séries são brilhantes de seu próprio jeito. J.K criou um universo de magia e bruxos e Rick criou um mundo de mitos gregos na atualidade. Sentiu a diferença?
 Recomendo o livro, muito bom, com bastante ação, aventura, com uma trama bem bolada, promete te deixar sem dormir querendo terminar o capítulo. Educativo, divertido, emocionante. Isso que o ladrão de raios é.


                    (Ficou enorme a resenha mas me perdoem, ainda estou aprendendo...)

9 comentários:

  1. Ahhh so falta eu ler o ultimo, esse livro é demais, muito bom! XD

    ResponderExcluir
  2. Nossa! Eu amei toda a saga! É muito legal e como o Autor Rick Riordan pblicou: Uma saga eletrizante! Com certeza!
    http://so-soline.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Gostei do post, só acho que deveria botar o número de páginas do livro
    :D

    ResponderExcluir
  4. Eu tô simplesmente LOUCA para ler a saga Percy Jackson, mas ainda tô arranjando coragem pra comprar e além do mais, tô com muito livro na lista para ser lido!
    Mas sou apaixonada por mitologia grega e quero MUITO ler esses livros, um dia ainda leio. :)

    Beijo.

    ResponderExcluir
  5. Eu gostei bastante, o Rick Riodar escreve realmente muito bem, mas a temática não consegue me prender muito.
    Li PJ e o Ladrão de Raios no comecinho de janeiro e até hoje não comprei o segundo, não tenho tanta curiosidade e nem sinto ansiedade para saber o que acontece :~

    Beijos xx
    http://sunriseshere.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Geovanna
    eu já li esse livro e adoreeiii, gostei muito da Annabeth, infelizmente não gostei muito do filme, não dá pra ser tudo perfieto =(


    bjisss
    adorei seu blog viu

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pela resenha Geovanna! Muito em breve pretendo ler Percy Jackson. Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Sou doida pra ler essa série, mas ainda não tive a oportunidade!
    A resenha está ótima e, acredite, não está tão grande!
    Eu sempre escrevo resenhas grandes também, mas acho que é porque falo demais rs...
    Que legal que está cumprindo seu desafio ^^
    Eu também me propus um esse ano: ler todos de Harry Potter, seguidos. Já havia lido a série toda, mas nunca um livro após o outro. E eu também consegui cumprir - além de a experiência ter sido ótima!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Ainda não li, mas estou morrendo de vontade de ler.
    Boa resenha.
    Ah, eu tenho o primeiro e o terceiro livro da série As Crônicas de Nárnia, já li o primeiro, falta-me dinheiro para comprar o segundo. Não sei porque minha mãe não comprou o volume único.

    Beijos.
    Sonhos de Garota

    ResponderExcluir